CPAT oferece 47 vagas de emprego na região de Campinas

CPAT oferece 47 vagas de emprego com salários de até R$ 2 mil na região de Campinas

O Centro Público de Apoio ao Trabalhador (CPAT) está com 47 vagas de emprego para a região de Campinas (SP), nesta segunda-feira (13). A lista inclui oportunidades de estágio e para pessoas com deficiência (PCD). Os salários vão de R$ 840 a R$ 2 mil.

Os cargos exigem de três a seis meses de experiência na função, exceto as vagas de estágio. Além disso, as oportunidades exigem formação em ensino fundamental, médio ou superior, dependendo do cargo. [Veja a lista completa de vagas abaixo]

Para se candidatar, é necessário comparecer a uma das unidades do CPAT para análise de perfil e cadastro, levando RG, CPF, Carteira de Trabalho e o número do PIS.

O CPAT avisa que as vagas estão sujeitas a alterações. Para mais informações sobre as ocupações, acesse o site do órgão.

CPAT oferece 47 vagas de emprego na região de Campinas

Assistente de biblioteca (estágio) – 2 vagas

Auxiliar administrativo – 5 vagas

Cabista (necessário ter CNH B) – 1 vaga

Carpinteiro – 1 vaga

Copeiro de lanchonete – 1 vaga

Costureira de máquina industrial – 4 vagas

Eletrotécnico – 1 vaga

Impressor flexográfico – 1 vaga

Instalador-reparador de linhas e aparelhos de telecomunicações – 5 vagas

Motorista carreteiro (necessário ter CNH E) – 4 vagas

Operador de telemarketing (PCD) – 10 vagas

Repositor em supermercado – 1 vaga

Técnico em segurança do trabalho (necessário ter CNH B) – 1 vaga

Vendedor de consórcios – 10 vagas

Serviço

Unidade Centro

Avenida Campos Sales, 427 – Centro, Campinas, SP.

Horário de funcionamento – Segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Unidade Ouro Verde

Rua Armando Frederico Renganeschi, 197, Jd. Cristina.

Horário de funcionamento – Segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

Unidade Campo Grande

Rua Manoel Machado Pereira, 902 (em frente à Praça da Concórdia).

Horário de funcionamento – Segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

Veja mais oportunidades de emprego da região de Campinas

Fonte: G1

Deixe uma resposta